Minério de ferro apresenta leve queda de 0,38% na bolsa chinesa de Dalian
A worker fills molds with molten iron at an iron foundry in Bobruisk, southeast of Minsk, March 11, 2015. REUTERS/Vasily Fedosenko

Minério de ferro apresenta leve queda de 0,38% na bolsa chinesa de Dalian

Investing.com – A sessão que deu início à terceira semana de janeiro foi marcada por uma leve queda nos preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são transacionados na bolsa de mercadorias de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de negócios, com vencimento em maio deste ano, caiu 0,38% a 657,00 iuanes por tonelada, o que representa variação negativa de 2,5 iuanes em relação ao valor de liquidação anterior, que foi de 659,50 iuanes por tonelada.

A abertura da semana teve como característica a retração nas cotações futuras dos papéis do vergalhão de aço, negociados na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai. O contrato com o maior volume de operações, com data de entrega para maio de 2020, cedeu 38 iuanes para 3.530. Já o de janeiro, o segundo mais líquido, caiu 47 iuanes para 3.801 iuanes para cada tonelada do produto.

O índice de blue-chips da China fechou na máxima de dois anos nesta segunda-feira, em meio ao fortalecimento das ações de tecnologia, conforme os investidores adotavam o otimismo antes da assinatura da Fase 1 do acordo comercial com os Estados Unidos.

Ajudando o sentimento também estava a recente retórica oficial que pediu fomento do mercado de capital da China para impulsionar a economia.

A China e os EUA assinarão a Fase 1 do acordo comercial na quarta-feira. O governo norte-americano convidou ao menos 200 pessoas para a cerimônia na Casa Branca.

O acordo marca o início do alívio na guerra comercial de 18 meses entre os dois países e busca alterar as práticas comerciais e econômicas da China, mas ainda deixará em vigor tarifas sobre cerca de 370 bilhões de dólares em importações chinesas por ano.

Com Reuters.

Fechar Menu